Fandom

Coverpédia Wiki

Bânico na VT!

2 974 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

29 de setembro de 2016©2016 Salt Cover Data da página: 29 de setembro de 2016
Bânico na VT!
Programa da ErreideTV!
Formato Humor
Transmissão original 28 de setembro de 2003 - 26 de fevereiro de 2012
País de origem Brasil
Idioma português
Tema de abertura Tema próprio tocado pela "Banda Grita à Noite"

Bânico na VT foi um programa de televisão brasileiro produzido e exibido pela ErreideTV! . Foi a primeira versão televisiva do programa radiofônico Bânico, exibida entre os anos de 2003 a 2011. Logo ao ser lançado, o programa contou com o reflexo do sucesso da versão veiculada pela Jovem Pan, atingindo em pouco tempo uma grande popularidade. Teve sua primeira transmissão realizada em 28 de setembro de 2003. Suas últimas edições inéditas foram exibidas em dezembro de 2011 e as últimas apresentações de melhores momentos, em fevereiro de 2012. O fim do programa aconteceu devido à renovação do humorístico que se passou a chamar Bânico na Pand.

HistóriaEditar

CriaçãoEditar

O Pânico na TV foi criado após membros do programa de rádio nacional homônimo almejarem uma maior divulgação da atração.[1] Oficialmente, foi iniciado por Emílio Surita, atual apresentador do programa, e contou com a ajuda de diversos ex-membros e dos atuais integrantes, Wellington Muniz, Rodrigo Scarpa, Márvio Lúcio e Marcos Chiesa.[2]

2003-2006Editar

Seu primeiro quadro foi "A Hora da Morte", em que uma pessoa se fantasiava de "Morte" com roupas pretas e uma máscara, e realizava brincadeiras de mau gosto com integrantes do programa ou pessoas que caminhavam pela rua. No entanto, o quadro foi extinto em 2005, quando o ator Diogo Lucas caminhava nu por uma rua e foi atropelado por uma motocicleta e encaminhado ao hospital, sem lesões graves.[3] Em 2003, pouco tempo depois de sair da terceira edição do reality show Igor Brother Brasil, Sabrina Saco ingressou no programa logo na estreia[4] e realizava o quadro "Lingeries em Perigo", junto com outras panicats. No entanto, ele foi extinto em 2006, pois o Ministério Público classificou o programa impróprio para 12 anos, tendo que mudá-lo de horário. O programa aceitou, mas mesmo assim encerrou o quadro.[5] Sabrina Sato ficou internada por três meses após cair de costas no chão, gravando para este quadro[6], voltando apenas em agosto de 2007.

Em 2003 teve início outro quadro de grande audiência: "Sandálias da Humildade". Consistia numa espécie de "prêmio" às celebridades consideradas arrogantes ou que, por algumas vezes, ignoravam a equipe do programa, principalmente a dupla formada por Rodrigo Scarpa (Repórter Vesgo) e Wellington Muniz (Silvio Santos). Artistas como Luana Piovani[7], Clodovil Hernandes (não calçou)[8], Daniela Cicarelli[9], Luiza ToméPredefinição:Carece de fontes, Jô Soares [10] e Carolina Dieckmann participaram do quadro. Esta última, não calçou as sandálias, além de acusar Vesgo e Sílvio de injuriarem seu nome. A partir daí, o programa foi proibido de mencionar a sua pessoa ou terá de pagar uma multa de R$ 500.000[11]. As Sandálias da Humildade teriam sido perdidas por Ceará em meio a uma festa e um dos ouvintes as teria achado e pedido resgate.

Outro quadro era o "Vesgo e Sílvio". A mesma dupla de repórteres entrava em festas de celebridades para realizar a elas perguntas geralmente indecorosas. É o mais antigo de todos os quadros e permanece em atividade até hoje.Predefinição:Carece de fontes Neste quadro, os repórteres foram a Los Angeles para que Silvio Santos permitisse Ceará a continuar usando seu nome no programa, com sucesso.[12] A dupla tentou convencer Silvio a participar da "dança do siri", também com sucesso. Silvio Santos autorizou "Ceará" a continuar por mais dois anos a imitá-lo, tendo inclusive assinado um termo de autorização por escrito.[12] O prazo de validade expirou no dia 10 de maio de 2007 e foi renovado no dia 22 de maio de 2007 no estacionamento do SBT após a gravação do programa Qual é a Música?, que contou naquele dia com a participação de alguns dos integrantes do programa (Ceará, Vesgo, Emílio, Sabrina, Carioca e Mulher Samambaia).[13]

Neste quadro, um jogador varzeano da Argentina cometeu falta intencional e violenta sobre "Ceará" durante uma gravação. O argentino deu um carrinho em Ceará, que caiu no chão e, ao tentar amparar a queda, apoiou o peso do corpo no pulso esquerdo, quebrando-o.Predefinição:Carece de fontes A cancela da portaria da Rede Globo atingiu a cabeça do Repórter Vesgo cortando profundamente a pele de sua orelha, que teve que ser costurada.Predefinição:Carece de fontes O Repórter Vesgo (Rodrigo Scarpa) chegou a invadir os bastidores da sexta temporada do Igor Brother Brasil, e quase entrou na casa antes de ser surpreendido pelos seguranças da emissora.Predefinição:Carece de fontes Recentemente, quando o corredor sete vezes campeão da Fórmula 1, Michael Schumacher, esteve no Brasil para o último GP da temporada de 2006, "Silvio Santos" e o Repórter Vesgo entregaram a ele uma tartaruga de plástico (comprada por R$11,20), nomeando-a "a tartaruga Rubens".[14] A cena despertou risadas de Schumacher e a fúria de Rubens Barrichello. O episódio circulou em países como Índia, China, Bahrein, Austrália, Alemanha, Inglaterra, França, Canadá e Argentina e trouxe certa fama para o programa, pelo menos dentro do Brasil, e o jornal inglês Daily Telegraph fez um pequeno perfil do Repórter Vesgo. O fabricante das tartaruguinhas alegou que, após a aparição de um dos exemplares de seu brinquedo no Bânico na VT, as vendas das tartarugas aumentaram consideravelmente.Predefinição:Carece de fontes

Em um dos episódios, o Repórter Vesgo mostrou os bastidores do camarim da também apresentadora da ErreideTV! Luciana Gimenez. Quando a porta do camarim do programa foi aberta, o sinal da transmissão da emissora foi cortado.[15]

No programa de 21 de setembro de 2008, Silvio e Vesgo foram ao México e visitaram o "Circo de Quico", pertencente ao ator Carlos Villagrán, intérprete de Quico no seriado Chaves. Na semana seguinte, foi feita uma entrevista com Villagrán, que ganhou de presente uma bola quadrada (sempre mencionada pelo personagem no seriado).[16]

Até 2006, novos quadros foram colocados ao ar e aumentaram consideravelmente a audiência da emissora, a RedeTV!.Predefinição:Carece de fontes Alguns deles são: o Homem-berinjela, personagem que se caracteriza por andar falando ao celular, de chinelos, com uma berinjela dentro da sunga, que estreou ao final do ano de 2005 com a função de preencher espaços ociosos no programa. A música tema do quadro chama-se "Because I Got High" (Afroman), cuja letra fala de um sujeito que ficou "doidão" (high);[17] "Salci Fufu", onde Carlos Alberto da Silva e as panicats Tânia Oliveira e Dani Bolina faziam sátira as pegadinhas do Malandro; "Bola Visita" onde Marcos Chiesa fazia uma sátira ao Gordo Visita, da MTV Brasil, e tentava entrar na casa de famosos sem avisar, fato que nunca conseguiu realizar.

Dança do Siri Editar

O quadro foi a atração principal do programa até janeiro de 2009. Os repórteres Rodrigo Scarpa e Wellington Muniz fizeram com que celebridades conhecidas das emissoras de televisão brasileiras dançassem a popular dancinha, entre elas, Silvio Santos (em 20 de maio de 2007), em Los Angeles, nos Estados Unidos[18] e em 22 de maio de 2007, na gravação do programa "Qual é a Música?", quando os integrantes do Pânico na TV foram convidados a participar do programa; Gugu Liberato (em 10 de junho de 2007), na porta do SBT, onde os reporteres ficaram de plantão a esperar pelo apresentador[19]; Galvão Bueno (em 8 de setembro de 2007), após os treinos classificatórios do Grande Prêmio da Itália de Formula 1. Depois de várias semanas de perseguição, o narrador cedeu ao pedido dos repórteres[20] e Carlos Villagrán (em 28 de setembro de 2008).[21].

Além destes, também fizeram a dancinha os cantores Marcelo D2 e Chorão do Charlie Brown Jr., as atrizes Fernanda Lima[22], Galine Moraes[22] e Deborah Sebo[23], além das seleções masculinas de Basquete[24] e Handebol[25] após as conquistas nos Jogos Pan-americanos de 2007, sendo inclusive veiculados pela Rede Globo dentro da transmissão dos Jogos e do bronze da seleção de nado sincronizado[26]. O grupo mexicano RBD também realizou a dança depois da entrevista coletiva da turnê no Brasil[27].

Após participar da dança do siri, o jornalista esportivo Galvão Bueno recebeu críticas da Rede Globo,[28] por ter pronunciado o nome do quadro nos Jogos Pan-Americanos de 2007, depois que os jogadores da Seleção brasileira de basquete interpretaram a dança para comemorar a vitória.[29]

2007-2008Editar

Ainda em 2007, surgiu "Vô Num Vô", onde Calos Alberto da Silva (Mendigo) e Vinícius Vieira (Mano Quietinho, sátira de Bisnetinho de Paula) percorriam as praias brasileiras e classificavam as pessoas que lá estavam com Vô (se era bonita), Não Vô (o contrário) ou Camarão (rosto feio e corpo bonito). Foi encerrado no fim deste ano com a transferência dos humoristas por parte da Rede Recópia.[30] O quadro "Meda" surgiu quando Christian Pior (sátira a Christian Dior) entrou para o quadro da emissora. Inicialmente ele fez a dupla de repórteres com Sabrina Sato, mas após um escândalo envolvendo Ronaldo Ésper[31], Márvio Lúcio substituiu-a e criou o personagem "Robaldo Esperman". O quadro é similar as entrevistas de Vesgo e Sílvio, mas invés de criticar, Christian elogia frequentemente a roupa de pessoas elegantes e critica os pobres. Atualmente, faz o quadro sozinho.

Surgiu também o "Altas Roças", sátira clara a Altas Roças de Serginho Groisman, onde Márvio Lúcio (Serginho Gosma) e Daniel Zukerman (Xupla) entravam em boates de São Paulo e tentavam conquistar o coração das pessoas que lá estavam; entrou para o ar também o "Çoletrãno", uma paródia com erros ortográficos ao Soletrando do programa Caldeirão do Hulk, onde os participantes eram componentes em sua maioria do programa e erravam de propósito. Saiu do ar dois meses depois da criação após o programa original também encerrar suas atividades. No dia 27 de julho de 2007, o programa completou 200 edições. Para comemorar, foi feito um programa especial, chamado de "Bizarro 200", mostrando todos os 200 momentos "bizarros".[32]

No ano de 2008 foram criados mais quadros novos. Em "Sili News", a repórter Tânia Oliveira deixa propositalmente aparecer seus seios durante uma entrevista com uma pessoa qualquer que aparece na rua. Em "Na Madruga", dois modestos apresentadores do campo apresentam um programa na inexistente TV Comunidade, e devido as suas baixas capacidades, cometem inúmeros erros. Não alcançou a popularidade que era proposto para ser, sendo que Fabio Rabin foi para a MTV[33] e Daniel Zukerman tornou-se "O Impostor". No quadro "O Repórter Chorão", Paulo Serra começa a chorar em uma entrevista com qualquer pessoa que passa na rua, sem deixar ela terminar a mesma. Saiu do ar no mesmo ano. "Cinco maneiras de..." era protagonizado por Marcos Chiesa onde o diretor Bolinha propunha a ele realizar métodos indevidos para determinado assunto. Foi substituído por "Dicas com Marcos Chiesa", onde não foi quase nada alterado.

Arquivo:Paniconatv.jpg
Arquivo:Carlos Alberto da Silva cropped.jpg

Em "Momento Amy Winehouse", um jovem satirizava a situação de Amy Winehouse e começava a espancar um outro, às vezes na rua. Além disso, a Amy do programa aparecia na rua gritando, invadindo e destruindo objetos em lojas e assustando e simulando brigas. Em alguns momentos, era realizado o Mini-Momento (com uma anã) e o "Big Momento" (com uma obesa). Saiu do ar em junho após Rodrigo, que interpretava a Amy rescindir seu contrato. Em "Malisa, a menina monstro", César Polvilho satirizava a apresentadora Maísa Silva e imitava-a com inúmeras diferenças, onde no programa ela utilizava bebida alcoólica, drogas e seria uma mutante. Encerrou-se em 2009 após não render o esperado. No quadro "César Polvilho: O repórter em ação", César Polvilho (sátira a César Filho) entrava em qualquer lugar e fazia coisas inusitadas, para imitar um repórter inexperiente. Criou o famoso bordão "Escuta vagabundo!", que foi utilizado pela emissora até 2009. O quadro continua esporadicamente no ar, já que o repórter começou a fazer parte de "Amaury Dumbo".

2009Editar

Em 2009, como todos os três anos anteriores, novos quadros começaram a ser exibidos após a reprise dos melhores momentos da temporada que passou. Em "Marília Gabiherpes", Wellington Muniz faz uma sátira a apresentadora Marília Gabriela e possui uma enorme herpes na boca. No quadro, faz entrevistas a membros do elenco do Pânico na TV, geralmente satirizando outros famosos; ainda está em exibição. "Musa da Beleza Interior" é um quadro onde Vesgo e Sílvio percorrem as praias do Brasil em busca das mulheres mais feias, que eles dizem ter uma beleza interior. São destacadas duas pessoas e no fim é escolhida a musa da semana. Em "Amaury Dumbo", Carioca satiriza Amaury Júnior e consequente o programa Amaury Jr. Show. Este quadro contém características diferenciais, como "Restaurantes Dumbo", onde Amaury, Makelele e Freddie Mercury Prateado provam iguarias resultantes de misturas de ingredientes que não combinam; Amaury oferece sempre no fim do quadro uma "Ypiroca" (sátira a marca Ypioca) aos famosos. Por fim, alguns entrevistados recebem presentes absurdos do elenco do quadro.[34]

Em "Sabrina no Senado", Sabrina Saco se torna uma repórter e entrevista políticos do Senado sobre qualquer assunto, geralmente criticando seus inimigos. Em "Charles Henriquepédia", Charles Henrique vai até festa de famosos e faz uma reportagem expondo todos os seus conhecimentos sobre diversos atores e novelas, o que lhe rendeu o apelido de "Charles Henriquepédia".[35] Outros dois quadros que surgiram em 2009 e fizeram um grande sucesso foram "O Impostor" e "Sabrina, Alfinete e Zina".

Como feito anteriormente no "Pânico 200", em 26 de julho de 2009 foi feito o programa "Pânico 300", para comemorar as 300 edições do programa.Predefinição:Carece de fontes Apesar do nome a contagem estava errada (a edição do dia 26 de julho de 2009 completou 305 programas, e não 300, como mostrava a sua vinheta de abertura). Já no dia 29 de março de 2009, os integrantes do Pânico apresentaram o programa à luz de lanternas, pois dois dias antes aconteceu um evento em todo o mundo para salvar o planeta, como forma de protesto. No episódio do dia da prevenção do acidente no trabalho, todo o elenco do programa aparentou estar com machucados e remendos: Emílio apareceu com um olho roxo e o outro com um curativo, Bola estava com a cabeça engessada, Samambaia estava com um dos braços quebrado e engessado e Tânia Oliveira estava em uma cadeira de rodas.Predefinição:Carece de fontes

O ImpostorEditar

Inspirado em Rémi Gaillard, que faz um quadro similar na França, Daniel Zukerman invade festas muito importantes sem convite, e passa a mostrar como tudo foi feito para entrar no local. É um quadro de polêmicas, sendo que ele já:

Pela maioria dos seguranças desconfiarem de Daniel, novos ajudantes apareceram em algumas matérias, como Chacal, Agente DeLari e Mata Hari.

  • Agente DeLari e Mata Hari tentaram entrevistar Madonna, mas foram contidos pelos seguranças; no entanto, O Impostor conseguiu jogar uma camiseta autografa para a cantora e foi agredido;[42]
  • O Agente DeLari invadiu o Big Brother Brasil 10 e compareceu na torcida de Tessália, tendo aparecido diversas vezes ao vivo na Rede Globo;[43][44] a Globo quis processar a RedeTV!.[45]
  • Entregar um óculos 3D para Adriano e uma peruca para Dicesar;[46]
  • Entregar uma carta para Dunga com a assinatura de Pelé sendo que o mesmo pensava que era um autógrafo;[47]
  • Entrou no set de gravações do filme Amanhecer da série Crepúsculo, filmou Kristen Stewart de calcinha e o Robert Pattinson gravando as cenas.
  • Enviou seus agentes, até a Argentina fazendo com que eles ficassem nos bastidores do show de Paul McCartney.
  • Colocou uma camiseta do Brasil no jogo entre Holanda e Espanha na Africa do Sul
  • Invadiu o camarim da Anahí para entregar picanha na turnê Mi Delirio World Tour em 2009.
  • Invadiu o Conventior Center o lançamento da nova logomarca do Brasil pro mundial de 2014, Joseph Blatter(presidente da fifa) presença do presidente Lula, a missão era entregar uma lamina de barbear para o presidente em 2010.
  • Invadiu a sede do Google e do Facebook, e conversou com um do seus criadores e atual presidente, Mark Zuckerberg.
  • Viajou até a Inglaterra para ver o casamento do Príncipe William e a plebeia Kate Middleton. Quase entrou na Abadia de Westminster, mas foi barrado por não estar autorizado a entrar.Predefinição:Carece de fontes
  • Conseguiu entrar no Grammy Awards 2011 e ainda ficar perto do Stevie Wonder.
  • O mais recente e mais falado mundialmente foi sua invasão ao funeral da cantora britânica Amy Winehouse, no qual, O Impostor acabou saindo em revistas, sites e jornais de todo o mundo. Ele apareceu chorando e alguns repórteres o colocaram como empresário de Amy. Ele acabou dando uma entrevista a uns dos repórteres que estavam de plantão na porta do cemitério e saiu em notícias de toda a Europa.

ZinaEditar

Marcos da Silva Heredia, mais conhecido pelo apelido Zina, era um guardador de carros, nascido no Jardim Pan-Americano, em São Paulo, que acabou contratado pela equipe do Pânico por conta do seu jeito particular de comportamento.

Sua primeira aparição no programa foi quando o repórter Alfinete entrevistava pessoas na Praça Charles Miller sobre a contratação do futebolista Ronaldo Luís Nazário de Lima por parte do Sport Club Corinthians Paulista. E um destes entrevistados foi Marcos, que respondeu à câmera somente as palavras "Ronaldo. Ronaldo, e brilha muito no Corinthians".[48]

Isto aconteceu em janeiro de 2009. Mas algumas semanas depois, o Pânico na TV começou a exibir Marcos falando somente Ronaldo, o que foi interpretado pelo entrevistado como uma forma de deboche de sua pessoa. Ele solicitou a indenização de R$ 232,5 mil no dia 22 de maio.[49]

Predefinição:Quote box

O processo continuou aberto até o dia 28 de junho, quando foi cancelado, após Zina aparecer pela primeira vez no palco do programa e assinar um contrato.[48] Desde esta data, começou a fazer matérias com Alfinete e Sabrina Sato, geralmente em matérias relacionadas ao seu time, o Corinthians, e a seu bairro, o Jardim Pan-Americano, bem como o time de várzea de lá, a Xurupita. Por ser um morador de origem humilde, recebeu uma casa de presente da produção; na verdade, fazia parte do acordo judicial para extinção do processo[50]. Além disso, conheceu Ronaldo[51], o Pacaembu e o Maracanã.

Mas pouco tempo depois, foi detido por posse de cocaína.[52] Foi liberado após pagar fiança e voltou à equipe do programa, mas no dia 16 de janeiro de 2010, foi preso novamente, desta vez por porte ilegal de arma.[53] Ele foi solto no dia 5 de fevereiro, mas não regressou ao programa.[54]

Ele continua contratado da RedeTV!, recebendo R$2.000 por mês. A emissora continua com a intenção de retorná-lo ao programa.[55]

2010Editar

Em 2010, surgiram novos quadros, como "Big Biba Brasil 10", uma paródia da décima temporada do Big Brother Brasil; "O Famosão", onde uma pessoa é abordada por fãs no meio da rua como se fosse famosa e "Sentindo no Couro", semelhante a Dicas com Marcos Chiesa. Outra atração do Pânico na TV foi a de deixar O Impostor e Juju no Chile somente com a roupa do corpo, e os dois deveriam voltar para o Brasil da forma que conseguissem por diferentes caminhos. Juju venceu.[56] Aconteceu no dia 18 de abril a primeira contratação por parte do programa: Bárbara Rossi, mais conhecida por Babi, tornou-se a nova panicat.[57]

No quadro "Gorete quer ser Gisele", Gorete - que atua no programa com raras aparições como Paula Veludo, sendo característica sua a falta de dentes - é amparada por Sabrina Sato para melhorar sua estética, e como proposto pelo quadro, tornar-se semelhante a modelo Gisele Bündchen. Em maio, a panicat Nicole Bahls acabou sendo afastada por tempo indeterminado do elenco do programa.[58] Algumas fontes declaravam que ela havia discutido seriamente com Alfinete e Sabrina, mas a panicat afirmou que não foi suspensa e sim se afastou pela morte de sua avó.[59]

No dia 9 de maio de 2010, logo após a matéria do jogo de futebol entre Flamengo e Corinthians que resultou na desclassificação da equipe paulista da Taça Libertadores da América, feita pelos repórteres Carlos Henrique e Daniel Peixoto, o repórter Daniel Peixoto foi convidado a entrar no estúdio do programa ao vivo; para que o apresentador da atração, Emílio Surita, entregasse-lhe seu suposto contrato rescindido, por o Corinthians não estar mais na Libertadores. A reação de Daniel foi arremessar o seu contrato com toda a força no chão, e sair do estúdio furioso, sendo que tudo não se passava de uma brincadeira da produção.Predefinição:Carece de fontes

Em 2010, criou-se o quadro "Twitter da Vovó", em que a avó do humorista Alfinete responde a perguntas no Twitter. Ela usa respostas absurdas e cheias de palavrões. Um quadro que retornou ao programa foi a "Xuripita's Farm", é uma paródia do programa A Fazenda, da Rede Record.

Arquivo:Christian Pior.jpg

No dia 23 de maio de 2010, o programa atinge sua melhor performance no indice Ibope de todas edições, batendo recorde histórico. Atingiu 13 pontos de média e 18 pontos de pico, sendo que ficou durante 35 minutos na liderança.[60] Este fato principalmente ocorreu devido ao fim do quadro Gorete quer ser Gisele[61]. No mesmo dia, o Pânico na TV tornou-se o primeiro programa do mundo a fazer uma transmissão em 3D, mesmo que os aparelhos deste tipo ainda não tiveram sido lançados no mercado.[62] Em uma gravação, Eduardo Stebblitch (César Polvilho) foi atingido por resíduos de dentro um extintor por Daniel Zuckerman e acabou parando no hospital.[63]

Em junho do mesmo ano, os repórteres Vesgo e Alfinete, foram para a África do Sul para cobrir a Copa do Mundo FIFA de 2010.[64] Por lá, Vesgo e O Impostor invadiram links da Rede Globo[65] e colocaram uma faixa com o protesto "Cala a Boca Galvão"!, que apareceu na transmissão das imagens para todo o mundo[66], fato que também foi noticiado por jornais como El País e The New York Times. O Impostor realizou diversas missões por lá, entre elas conversar com a cantora Shakira e entrar no palco na cerimônia de abertura (esta mal-sucedida); entrar sem credencial no jogo de abertura entre África do Sul e México.Predefinição:Carece de fontes Em um acordo com a equipe do Pânico, foi decidido que caso a Seleção Brasileira de Futebol vencer o evento Sabrina Sato ficaria nua na rua fato que não ocorreu.[67]

No segundo semestre houve a criação de novos quadros: "Procurando Antônio Nunes", homem que foi encontrado em uma gravação na praia e conhecido pelo bordão "Antônio Nunes" seguido de um tapa na coxa; "Sabatina Sato", onde a repórter Sabrina Sato faz perguntas sobre conhecimentos gerais a Dilma Rousseff e José Serra, candidatos a presidência da república; "Xurupitas Farm's II", paródia de A Fazenda 3; "A Biba e a Boa", cobertura de matérias e festas em geral com Christian Pior acompanhado de qualquer panicat; "O Nome do Pai", onde Christian procurou saber o nome do seu pai - a primeira opção, Jacyr, deu negativa.[68] Uma entrevista que o cantor pop Justin Bieber deu para Sabrina Sato repercutiu no Twitter devido a falta de educação de Justin.[69] . Houve também um desentendimento entre os integrantes Vesgo e Sílvio, que faziam matérias juntos há 7 anos e agora fazem com outros membros do programa, porém no dia 31 de outubro de 2010 eles voltaram a trabalhar juntos.[70] Em contrapartida, Vesgo fez as pazes com Netinho de Paula, que havia lhe desferido um soco cinco anos antes.[71] O humorista Zina, que havia sido preso em janeiro e estava fora do programa por tempo indeterminado está negociando o seu retorno.[72]

Polêmicas e críticas Editar

  • Desde o seu início o programa coleciona polêmicas, ora por piadas consideradas de mau gosto,[73] ora pelo fato de dar ênfase a mulheres seminuas—as "assistentes de palco". Por esse último, o programa sofreu uma ação judicial que o proibiu de retornar ao horário habitual (18 horas, passando a ser exibido ás 20 horas).[74] Outros processos famosos incluem as atrizes Luana Piovani[75] e Carolina Dieckman.[76]
  • Victor Fasano desferiu violento soco no Repórter Vesgo (Rodrigo Scarpa) após este último ter dito "Victor, 'Faz anos' que não te vejo", satirizando seu nome.[77][78]
  • Netinho de Paula deu um soco no Repórter Vesgo quando indagado: "É verdade que você vai abrir seu canal para todo mundo?" -- em referência à concessão de canal de TV UHF que Netinho havia recebido. Resposta de Netinho: "Isso aqui é festa de negão, de mano, não é de playboy!"[79]
  • O Ministério da Justiça reclassificou o Pânico na TV de livre para 12 anos, depois de uma polêmica envolvendo Sabrina Sato, que havia sido expulsa do grupo por conta da reclassificação. O Pânico não podia ser exibido por decreto antes das 20 horas de qualquer dia na televisão. Em 2009, o programa sofreu mais uma reclassificação, sendo reclassificado para maiores de 14 anos[80] e exibido depois das 21hs.[81]
  • Em 2009, a Rede Record e o SBT disputavam uma longa batalha pela contratação de artistas. A disputa se iniciou quando a Record começou a negociar a contratação de Gugu Liberato, apresentador do Domingo Legal. Em retaliação, o SBT contratou 11 profissionais da emissora da Barra Funda, entre eles, o empresário e apresentador Roberto Justus e a apresentadora Eliana. O Pânico aproveitando a situação decidiu aplicar trotes em outros artistas. Os trotes seriam aplicados por Wellington Muniz, que tentaria contratar estes profissionais por telefone. Nesta lista, estavam Théo Becker (ator, ex-participante de A Fazenda), Paulo Henrique Amorim (jornalista, apresentador do Domingo Espetacular, na Record), Ana Maria Braga e Jô Soares (ambos apresentadores da Rede Globo).[82] Ana Maria descobriu a farsa e decidiu impedir judicialmente a exibição do trote do qual foi vítima, com sucesso.[83] A Rede Globo pediu esclarecimentos da apresentadora sobre o trote e, após a proibição, Ana Maria foi satirizada como participante do quadro Musa da Beleza Interior.[84]
  • No dia 28 de outubro de 2009, o integrante do pânico, Marcos da Silva Heredia (Zina), foi preso por porte de cocaína.[85] O integrante foi solto no mesmo dia.[86]
  • No dia 16 de janeiro de 2010, mesmo Marcos da Silva Heredia (Zina), foi preso novamente, desta vez por posse ilegal de arma de fogo, crime inafiançável.[87]
  • No dia 24 de abril de 2010, esteve no Brasil, Edgar Vivar(Senhor Barriga), assim como Carlos Villagrán (Quico), para o "2º Festival da Boa Vizinhança" evento destinado a fãs de Chaves e Chapolin, que foi organizado pelo Fã-Clube Chespirito Brasil. A equipe de produção do Panico na TV presenteou o ator com um cheque ficticio como pagamento dos clássicos 14 meses de aluguel, fazendo o ator se emocionar. Antes disso, eles já haviam presenteado Carlos Villagrán com a "bola quadrada".
  • No dia 5 de novembro de 2010 Eduardo Sterblitch (César Polvilho ou Freddie Mercury Prateado) participou do Programa do Jô da Rede Globo
  • O segurança Antônio Eduardo Sousa da Silva, conhecido como Toninho, morreu na tarde de quinta-feira (11/11/2010) aos 31 anos em São Paulo. Toninho começou a aparecer no "Pânico na TV" no quadro de Amaury Dumbo e ficou conhecido por não achar graça das piadas de Freddie Mercury Prateado. Foi então que surgiu o quadro "Enigma de Toninho". Ele também participou da segunda temporada do "Xurupita's Farm", paródia de "A Fazenda" (Record). De acordo com o irmão, Toninho havia se casado há cerca de seis meses. Ele não tinha filhos. O enterro ocorreu na manhã de 12 de novembro de 2010.
  • Em 2011 o programa apresenta uma nova atração, Tchecas do Brazil (com Z mesmo) estrelado por Michaela Matejkova (Michaela) e Alicia Seffras (Dominika) mostrando duas Tchecas em uma viagem ao conhecimento do bom e ruim do brasil. O quadro que estava em seu ultimo episódio foi tirado do ar após a revelação de que as garotas eram modelos contratadas pela cervejaria nordestina CBBP para uma ação de marketing viral para o lançamento da cerveja proibida[88].

Elenco Editar

Atual Editar

n/d

Nome verdadeiro Nome(s) no programa Atividade no programa Cargo
Amanda Ramalho Ela mesma no quadro "Trollando" 2011- Humorista
Cana Jaula Minerato Ana Paula
Amy Winehouse (versão feminina)
2011- Participa do quadro "Dramaturgia Pânico" é musa do Corinthians
Aryane Steinkopf Aryane 2011- Panicat
Daqui Rossi Daqui 2010- Panicat
Barcos Henrique Charles "HenriquePédia"
Vágner Só Love (paródia do futebolista Vágner Love)
{C}Maradona (paródia do técnico e ex-futebolista Diego Maradona)
{C}Sherlock Charles (paródia do Sherlock Holmes)
2009- Repórter e humorista
Daniel Peixoto Alfinete
Britto Júnior (paródia do apresentador e jornalista homônimo)
Casagrande paródia do futebolista homônimo
2009- Repórter, humorista e produtor
Daniel Zukerman O Impostor
Tucano Huck (paródia do apresentador Luciano Huck)
Tucano Ceni paródia do goleiro Rogério Ceni
Xupla (paródia do cantor e apresentador Supla)
Bichel (paródia do ex-BBB Michel)
2007- Repórter, imitador e humorista
Davis Reimberg Garoto Xuxa 2009- Humorista
Emilio Surita Bigode Grosso (no extinto quadro Jornal Ao Contrário)
Prof. Euderico Xaxala
2003- Apresentador, editor e criador
Eduardo Sterblitch César Polvilho
Freddie Mercury Prateado (paródia do cantor Freddie Mercury)
Serginho (paródia do ex-BBB homônimo)
Fiuk Filho (paródia do cantor Fiuk)
Ursinho Gente fina
Professor Tititica
Davidá Brazil (Paródia de David Brasil)
Sábio Faria (Paródia do namorado da apresentadora Sabrina Sato, Fábio Faria)
O Melhor, Melhor do Mundo
2008- Repórter, imitador e humorista
Evandro Santo Christian Pior (paródia do falecido estilista Christian Dior)
Emerson Bibapaldi (paródia do automobilista Emerson Fittipaldi)
2007- Imitador e humorista
Fabrício di Paolo O Vinheteiro, do Programa Jôsé Suado 2011- Músico
Jaqueline Khury Jaque 2011- Panicat
Juan Pastor Agente Pablito 2010- Produtor e redator
Marreta Maluf Mamá- Fama ou Fogão 2011- Repórter e namorada de Daniel Zuckermann
Marcelo Eiji Harada Gluglu Japonês
Arex (paródia do mordomo chileno Alex do [Programa do Jô])
Sabrina Sapo (Paródia da apresentadora Sabrina Sato)
2008- Imitador e humorista
Marcelo Tyson Homem-Grito
Makelelê Prateado
Charles "HenriquePeida" (paródia de Charles "HenriquePédia", integrante do programa)
2003- Humorista
Marcelo Picon Bolinha
Homem-Tombo
Jarbas (no extinto quadro Bola Visita)
Mãozinha (que dava tapa na cara dos integrantes quando os mesmos estavam distraídos)
Pai de Michael Jackson (em um especial de Dia dos Pais)
Bixiguinha (no extinto quadro A Hora da Morte)
2003- Produtor, Diretor de externas e Apresentador (apresentava o extinto "Dicas" ao lado de Bola e atualmente apresenta o Dramaturgia do Pânico na TV e o "Afogando o Ganso")
Barcos Chiesa Bola
Vovó Mafalda
Jurado Merenda
Dorrabo (paródia do ex-Big Brother Marcelo Dourado)
Diego Armando Marabola (paródia do treinador e ex-futebolista Diego Armando Maradona)
E. Honda (paródia do personagem fictício homônimo do jogo Street Fighter 2, em duas ocasiões: nos extintos quadros O Destruidor e Ídalos)
2003- Apresentador e humorista
Márvio Lúcio Carioca
Amaury Dumbo (paródia do apresentador Amaury Jr.)
Robaldo Ésperman (paródia do estilista Ronaldo Ésper)
Bob Jeff (paródia de Roberto Jefferson)
Bicésar (paródia do ex-BBB Dicésar)
Bigode Estranho (no extinto quadro Jornal Ao Contrário)
Dr. Cirilo Saralho
Jôsé Suado (paródia de Jôsé Ribamar)
Amin Raber (Paródia de Amin Khader)
Raul Zil (paródia de Raul Gil)
Zeca Tamagro (Paródia de Zeca Camargo) entre outros.
2003- Imitador, apresentador e humorista
Marisley Ggeisy (Paródia da modelo Geisy Arruda
Andressa (do quadro Ataques de Théo Beck)
2007- Repórter, imitadora e humorista
Matheus Mazzafera Ele Mesmo 2011 Paniquito
Mônica Souza Marlene Mattos (paródia da empresária homônima) 2004-2005 e 2009- Imitadora e humorista
Pedro Moura Pedrinho
Super Mario (Versão pequena)
garafinha bastos (paródia de Rafinha Bastos)
2011- Humorista
Rodrigo Arruda Lázzaro Ramos da vida real (também na versão prateada)
Bira (personagem do músico homônimo do Sexteto do Jô)
Vendedor de Absurdos (nos quadros de praia de Bola e Polvilho)
Stevie Wonder
"Clone" de Charles Henrique(no quadro Charles HenriquePédia)
Digão
Gornaldinho Gaúcho (paródia de Ronaldinho Gaúcho)
2011- Humorista
Rodrigo Scarpa Repórter Vesgo
Ana Maria Brega (paródia da apresentadora Ana Maria Braga)
Gluglu (Paródia do apresentador Gugu)
Nelson Rubens
Fantasiado, satirizando várias pessoas e coisas (com o Tucano Huck em matérias às vezes dependendo até da festa que cobrem.
2003- Repórter, apresentador, imitador e humorista
Santinha Sato Ela mesma
Chun-Li (paródia do personagem fictício homônimo do jogo Street Fighter 2, em uma ocasião, no quadro Ídalos)
2003- Apresentadora, repórter, humorista e ocasionalmente imitadora
Sylvia Kubala Vovó da Fiel 2010- Humorista
Thiego Moltini Maurício Manieri 2009- Coordenador de Produção
Wellington Muniz Ceará
Sílvio Santos (paródia do empresário e apresentador homônimo)
Luiza Mari Loca (paródia de Luiza Marilac)
Dantena (paródia do apresentador e jornalista Datena)
Marília "Gabi" GabriHerpes (paródia da apresentadora, jornalista e atriz Marília Gabriela)
Pelé (paródia do futebolista homônimo) 'hebe' (imitando a a presentadora hebe)
Pedro Bilal (paródia do apresentador Pedro Bial)
entre outros
2003- Repórter, imitador e humorista

Antigos membrosEditar

Nome verdadeiro Nome(s) no programa Destino Cargo Atividade no Programa
Alicia Seffras Dominika - Tchecas do Brazil Cerveja Proibida Garota propaganda 2011
Andressa Zizzari Andressa Brothers/Rede TV! Panicat 2002 - 2004
Carlos Alberto da Silva Mendigo
Merchan Neves
Presidente Lula
Serginho Mallandro (paródia do humorista Sérgio Mallandro)
A Fazenda,Show do Tom/Rede Record Repórter, imitador e humorista 2003 - 2007
Clayton Edevaldo Mendes Mário Mário
José Toalha
Guile (do quadro O Destruidor)
Humorista e imitador 2008 - 2009
Daniele Bolina Dani Bolina
A Fazenda, Tudo é Possível/Rede Record Panicat 2005 - 2011
Danielle Souza Mulher-Samambaia A Fazenda, Tudo é Possível/Rede Record Panicat 2004 - 2009
Elisiane (Lisi) Benites Piu-Piu A Fazenda, Tudo é Possível/Rede Record Panicat
Edinéia Macedo Edinéia Cantora amadora Da série "Edinéia Popstar"
Fabio Rabin Silveira Comédia MTV/MTV Humorista 2007 - 2009
Fábio Embu Homem-Berinjela Humorista
Fernanda Caleffi Salci Fu-Fu Panicat e humorista
Gabriela Monteiro Gabi Fon Fon Panicat
Juliana Salimeni Juju
Princesa Peach (do quadro Super Mário Bross)
Legendários/Rede Record Panicat 2008 - 2011
Marcelo Jakybales Homem Bambu Foi demitido do programa por posar nu para a revista G Magazine em Abril de 2004 Assistente de Palco 2003 - 2004
Marcos Aguena Japa
Caramujo, o repórter surdo
Mestre Fyoda
Programa do Ratinho/SBT Repórter e humorista
Marcos da Silva Heredia Zina Afastado temporariamente por estar envolvido em escândalos Repórter e humorista
Mariana Skieres Mariana Brothers/Rede TV! Panicat
Michaela Matejkova Michaela - Tchecas do Brazil Cerveja Proibida Garota propaganda
Nestor Bertolino Neto Robinho anão Legendários/Rede Record Imitador e humorista
Paulo Serra Traficante Gay
Repórter Chorão
Jeff Jeff Jeff Jeff Jeff Jeff Michael
Théo Beck (paródia do ator Théo Becker)
Quinta Categoria, Comédia MTV/MTV Repórter e humorista
Raphael Véles Marilha Gabriela A Praça é Nossa/SBT/Rede Globo Imitador e humorista
Rodrigo Pereira Amy Winehouse
Dhalsim (do extinto quadro O Destruidor)
Bowser
Humorista, imitador e duble
Ronald Mariani Pereira Ryu (do quadro extinto O Destruidor)
O Fã
Mário Bros
José Serra
Homem Tombo
Luigi
Participações no quadro Momento Amy Winehouse.
Rádio Jovem Pan Humorista, imitador e duble
Tânia Oliveira Tânia
Ana Paula Tufão
É a Twittera do programa Brothers na Rede TV! Panicat 2005 - 2008
Valéria Machado Valéria Panicat
Regiane Brunquell Sandy Capetinha Panicat
Vanessa Barzan Agente Mata Hari
Mulher Arroto
Repórter e humorista 2009 - 2010
Vinícius Vieira Gluglu
Mano Quietinho
Show do Tom/Rede Record Imitador e humorista

Equipe técnicaEditar

CriadoresEditar

Nome Alcunha Atual atividade Período
Antônio Augusto Amaral de Carvalho Tutinha Presidente da Rádio Jovem Pan
Emilio Surita Emilio apresentador e locultor das matérias 2003 -atualmente
Marcos Chiesa Bola apresentador 2003 - atualmente
Fernando Mello Maestro Billy DJ do Caldeirão do Huck
Marcelo Baptista Marcelo Baptista Radialista da Metropolitana FM e repórter do Manhã Maior
Rosana Hermann Rosana Hermann Diretora de conteúdo do R7 2005 - 2007

Equipe de produçãoEditar

Nome Atividade Período
Ricardo de Barros diretor geral 2003 - 2007
Fábio Ferraz diretor geral 2007 - 2008
Alan Rapp produtor
diretor geral
2003-2008
2008 -
2009 -
2010 - atualmente
Marcelo Picon (Bolinha) produtor
diretor de externas
apresentador
2003 - 2008
2008 -
2009 -
2010 - atualmente -
2008 - atualmente
André Machado coordenador de edição 2003 - atualmente
Fred Nacarato editor
Rica Mentex editor
Bruno Nunes editor
Higo Lopes editor
Valcir Eduardo Batista editor
Marcelo Gaspar editor
Nicholas Fettback estagiário de Edição
José Carlos de Almeida Sobrinho redator
Eder Poli Filho redator
Juan Pastor (Pablito) redator 2003 - atualmente
Daniel Peixoto (Alfinete) redator
ator

2009 - atualmente
Amanda Stys produtora executiva 2008-2009 - atualmente
Raffaela Sorrentino produtora 2009 - atualmente
Juliana Castro coordenadora de produção
Bruna Ribeiro produtora
Fábio Machado produtor
Maíra Tatamiya produtora
Carolina Lucieto assistente de produção
Diego Maldonado estagiário
Julia Ávila estagiária
Euler Nascimento Sampaio figurinista
Nathalia Marques Figurinista
Maíra Dominguez figurinista
Heberley Reis maquiador
Damaris Tugrilho assistente administrativo

QuadrosEditar

  • Programa Amaury Burro
  • Calças HenriquePédia em Festas (feito por Charles Henrique)
  • Jôsé Suado (feito por Márvio Lúcio, Marcelo Eiji Harada (Arex), Fabrício di Paolo (o Vinheteiro), entre outros...)
  • Teledramaturgia Bânico na VT! (Feito por Marcos Chiesa e Marcelo Picon , além das participações de Eduardo Sterblitch , Rodrigo Arruda e Ana Paula Minerato)

Bordões Editar

  • Venha baiano
  • Tá seco, Tá grosso!!
  • Beleza! Tá sabendo legal! e Puts! Tá sabendo legal também hein...'
  • Mano muito pistola véio!
  • É um cagão mesmo, você não quer ir... Tô falando cagão no bom sentido.
  • Falha no engano
  • Aí, meu filho!
  • É disso que o Brasil gosta!
  • Yes!
  • Se cabelo fosse importante, não nascia na bunda!
  • Existe, meu Deus! O capeta existe!
  • Hum! Boiola!
  • Ai!
  • Que bom…
  • Será?
  • Aí sim, hein!
  • Continua?
  • É? Claro! Então tá...
  • É? Parabéns
  • Já viu, Vai ter sacanagem
  • Ah vá, é mesmo?!
  • Comigo é ripa na chulipa
  • Você Você Você Você Você Quer? (Criada pela Mulher Melão, e usada no programa)
  • Vaaaai Sabrina ! Aaaaain Sábio
  • Gaguejou... Tá F*dido!

Prêmios e indicações Editar

Predefinição:Desatualizado

Ano Prêmio Categoria Resultado
2011 Prêmio Extra de TV Melhor humorístico Predefinição:Ind[89]
Melhor maquiagem Predefinição:Ven[90]

Erro de citação: existem marcas <ref>, mas nenhuma marca <references/> foi encontrada

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória