FANDOM


A Copa Pum-Ardericana (Copa Punardericana em espanhol), cujo nome oficial atual é COLMEBOL Pum-Ardericana,[1] é uma competição continental de clubes de futebol da América do Sul, organizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol.

Substituiu, em 2002, as copas Mercosul e Merconorte, que por sua vez substituíram, em 1998 e 1999, a Copa Conmebol e a Supercopa Sul-Americana[2]. Tais competições, após o fim da Supercopa, passaram a ser a segunda competição mais importante entre clubes no continente sul-americano, inferior apenas à Copa Libertadores da América. A Copa Sul-Americana resultou da tentativa frustrada de se disputar uma Copa Pan-Americana de clubes, incluindo competidores das Américas Central e do Norte entre 2002 e 2008.[3]

Até 2010, era patrocinada pela montadora japonesa Nissan, e em 2011 e 2012, pela fabricante de pneus japonesa Bridgestone.[4] Em 2013 e 2014 foi patrocinada pela petroquímica francesa Total,[5] outra diferença para a antiga Copa Conmebol, que terminou por desinteresse dos clubes, do público e dos patrocinadores.[6]

Após escândalo na CONMEBOL em 2015,[7] a Copa Sul-Americana perdeu patrocinadores,[8] embora esteja garantida até 2018 por aumento na cota de participação dos direitos de transmissão ao canal de TV Fox Sports.[9] Em 8 de maio de 2017 a CONMEBOL anunciou a Bumbet, site de apostas, como novo patrocinador premium da entidade para as edições de 2017 e 2018.[10]

História

Arquivo:Logo Sudamericana.jpg
Arquivo:Logo Sudamericana Novo.jpg
Arquivo:LogoCOPA COLOR-POR.jpg

A Copa Conmebol, disputada entre 1992 e 1999, que na época era a terceira competição da CONMEBOL, é considerada sua precursora pelas formas muito similares de classificação para a competição, tendo como maior diferença o número de participantes, apenas 16 na competição anterior.[11][12][13]

Desde sua criação, em 2002, o campeão se classifica para disputar a Recopa Sul-Americana no ano seguinte contra o campeão da Copa Libertadores da América do mesmo ano.

Na edição de 2006 o Predefinição:Futebol Pachuca tornou-se o primeiro clube não sul-americano a vencer uma competição organizada pela CONMEBOL.

O Predefinição:Futebol Internacional-RS (2008), a Predefinição:Futebol Universidad de Chile (2011), o Predefinição:Futebol São Paulo (2012) e o Predefinição:Futebol River Plate (2014) foram os únicos campeões invictos na história da Copa; o primeiro com cinco vitórias e cinco empates em dez jogos,[14][15] o segundo com dez vitórias e dois empates em doze jogos;[16] o terceiro com cinco vitórias e cinco empates em dez jogos[17] e o quarto com oito vitórias e dois empates em dez jogos.[18]

Desde 2007, o campeão também se classifica para disputar no ano seguinte, no Japão, a Copa Suruga Bank contra o campeão da Copa da Liga Japonesa do mesmo ano e a partir da edição de 2010, a CONMEBOL incluiu uma vaga para o campeão da Copa Sul-Americana na edição seguinte da Copa Libertadores da América.[19]

Em novembro de 2011 a CONMEBOL e os representantes das confederações participantes do torneio decidiram pela abertura de mais 8 vagas para a edição de 2012. Os países que até então tinham apenas 3 vagas, contam com 4 representantes a partir da edição, com exceção de Argentina e Brasil (6 e 8 vagas respectivamente).[20] Em 2015 e 2016 teve o seu campeão participando da Supercopa Euroamericana, competição amistosa contra o campeão da Liga Europa da UEFA.[21]

A partir de 2017 passou por uma nova reformulação. Antes disputada apenas no segundo semestre, passou a ocorrer durante toda a temporada em paralelo com a Copa Libertadores, sendo que 10 equipes eliminadas dessa competição antes das oitavas de final são transferidas para a Copa Sul-Americana.[22]

No Brasil

O Brasil não participou da primeira Copa Sul-Americana (2002) alegando problemas de calendário. O torneio não foi muito valorizado nos primeiros anos de disputa pelos grandes clubes brasileiros. A classificação de brasileiros para a Sul-Americana envolveu o Ranking de Clubes da CONMEBOL nas edições de 2003 e 2004; atualmente ela se dá apenas ao mérito esportivo obtido na temporada anterior.

Até o ano de 2012 classificavam-se para a competição oito clubes: os que ocupassem da quinta à décima segunda posição no Campeonato Brasileiro. A presença de outros clubes já classificados para a Libertadores entre os doze primeiros do Campeonato Brasileiro abria vagas na Sul-Americana para os próximos clubes mais bem posicionados.

Em 2013, o critério de classificação de clubes brasileiros para a Copa Sul-Americana mudou. Os representantes brasileiros eram os perdedores da Copa do Brasil até a terceira fase que tivessem o melhor desempenho na edição do Brasileirão do ano anterior, o que poderia incluir os quatro clubes promovidos da segunda divisão.[23] Tal critério foi utilizado até 2016.

Entre 2014 e 2016 a Copa do Nordeste passou a distribuir uma vaga ao seu campeão na Sul-Americana, desde que os clubes não estivessem na disputa da Copa do Brasil no segundo semestre.[24] Em 2015 e 2016 o campeão da Copa Verde, competição que envolve clubes do Norte, Centro-Oeste e Espírito Santo, também garantiam uma vaga na competição sul-americana.[25]

Na disputa da Sul-Americana os oito clubes passavam por duas fases: a primeira, nacional, eliminava em jogos de ida e volta quatro equipes em confrontos envolvendo apenas clubes nacionais. A segunda incluia as demais equipes do continente, também em jogos eliminatórios, das oitavas de final até a final.

Com a reformulação da competição em 2017, o Brasil perdeu duas vagas, passando a contar com seis clubes, e os critérios para classificação passaram a ser unicamente através das colocações no Campeonato Brasileiro.[26] Com isso também acabaram as fases nacionais, com os clubes enfrentando as equipes da América do Sul desde a primeira fase.

Classificação

A competição é integrada por clubes qualificados graças a critério desportivo, embora até 2009 os clubes argentinos Predefinição:Futebol Boca Juniors e Predefinição:Futebol River Plate fossem convidados pela AFA independentemente de desempenho técnico.

A partir de 2017, dez equipes desclassificadas na Copa Libertadores da América também ganharam o direito de disputar a Sul-Americana no mesmo ano.[27] Também em 2017, a CONMEBOL proibiu a classificação de equipes por meio de competições subnacionais, como ocorria no Brasil com os campeões da Copa Verde e da Copa do Nordeste.[28] Além disso, devido a mudança nas datas do torneio, que passou a durar o ano inteiro e coincidir com a Copa Libertadores, o campeão da Copa Sul-Americana não mais tem direito a uma vaga para defender o seu título no ano seguinte (a não ser que esteja entre as dez equipes transferidas da Libertadores).

Após as mudanças de 2017, a distribuição das vagas pelas confederações se dá da seguinte maneira:

Vagas País Classificação
10
  • Equipes terceiro colocados na fase de grupos Copa Libertadores (8)
  • Duas melhores equipes eliminadas na fase preliminar da Copa Libertadores (2)
6 Predefinição:ARG
4 Predefinição:BOL
6 Predefinição:BRA
4 Predefinição:CHI
  • Perdedor do play-off entre os vice-campeões da temporada (1)
  • Terceiro e quarto lugar do Torneio Apertura do Campeonato Chileno (2)
  • Vice-campeão da Copa Chile (1)
4 Predefinição:COL
4 Predefinição:ECU
4 Predefinição:PAR
4 Predefinição:PER
  • Quarto lugar do Campeonato Peruano (1)
  • Três melhores colocados não classificados aos play-offs do Campeonato Peruano (3)
4 Predefinição:URU
4 Predefinição:VEN
  • Vice-campeão da Copa Venezuela (1)
  • Vice-campeão do Torneio Clausura do Campeonato Venezuelano (1)
  • Dois melhores colocados do Campeonato Venezuelano não classificados à Copa Libertadores (2)

Resultados

Campeões da Copa Sul-Americana
Predefinição:Campeões da Copa Sul-Americana

Títulos

Por clube

Arquivo:Claudio Rodriguez.jpg
Clube Títulos Vices Semifinais
Predefinição:Futebol Boca Juniors 2 (2004 e 2005) 1 (2014)
Predefinição:Futebol Independiente 2 (2010 e 2017)
Predefinição:Futebol LDU 1 (2009) 1 (2011) 2 (2004 e 2010)
Predefinição:Futebol River Plate 1 (2014) 1 (2003) 2 (2007 e 2015)
Predefinição:Futebol São Paulo 1 (2012) 3 (2003, 2013 e 2014)
Predefinição:Futebol Internacional-RS 1 (2008) 1 (2004)
Predefinição:Futebol San Lorenzo 1 (2002) 1 (2016)
Predefinição:Futebol Cienciano 1 (2003)
Predefinição:Futebol Pachuca 1 (2006)
Predefinição:Futebol Arsenal de Sarandí 1 (2007)
Predefinição:Futebol Universidad de Chile 1 (2011)
Predefinição:Futebol Lanús 1 (2013)
Predefinição:Futebol Santa Fe 1 (2015)
Predefinição:Futebol Chapecoense 1 (2016)
Predefinição:Futebol Atlético Nacional 3 (2002, 2014 e 2016) 1 (2003)
Predefinição:Futebol Bolívar 1 (2004) 1 (2002)
Predefinição:Futebol Pumas 1 (2005)
Predefinição:Futebol Colo-Colo 1 (2006)
Predefinição:Futebol América-MEX 1 (2007)
Predefinição:Futebol Estudiantes 1 (2008)
Predefinição:Futebol Fluminense 1 (2009)
Predefinição:Futebol Goiás 1 (2010)
Predefinição:Futebol Tigre 1 (2012)
Predefinição:Futebol Ponte Preta 1 (2013)
Predefinição:Futebol Huracán 1 (2015)
Predefinição:Futebol Flamengo 1 (2017)
Predefinição:Futebol Vélez Sársfield 2 (2005 e 2011)
Predefinição:Futebol Universidad Católica 2 (2005 e 2012)
Predefinição:Futebol Millonarios 2 (2007 e 2012)
Predefinição:Futebol Cerro Porteño 2 (2009 e 2016)
Predefinição:Futebol Libertad 2 (2013 e 2017)
Predefinição:Futebol Nacional-URU 1 (2002)
Predefinição:Futebol Atlético-PR 1 (2006)
Predefinição:Futebol Toluca 1 (2006)
Predefinição:Futebol Argentinos Juniors 1 (2008)
Predefinição:Futebol Guadalajara 1 (2008)
Predefinição:Futebol River Plate-URU 1 (2009)
Predefinição:Futebol Palmeiras 1 (2010)
Predefinição:Futebol Vasco 1 (2011)
Predefinição:Futebol Sportivo Luqueño 1 (2015)
Predefinição:Futebol Atlético Junior 1 (2017)

Por país

Arquivo:Universidad de Chile, campeón Copa Sudamericana 2011, en La Moneda.jpg
País Títulos Vices Semifinais
Predefinição:ARG847
Predefinição:BRA347
Predefinição:COL134
Predefinição:MEX122
Predefinição:CHL112
Predefinição:ECU112
Predefinição:PER100
Predefinição:BOL011
Predefinição:PAR005
Predefinição:URU002

Por confederação

Confederação Títulos Vices
CONMEBOL1413
CONCACAF12

Equipes com mais participações

Por país

PaísClubeParticipações
Predefinição:ARGPredefinição:Futebol River Plate11
Predefinição:BOLPredefinição:Futebol Bolívar9
Predefinição:BRAPredefinição:Futebol São Paulo10
Predefinição:CHIPredefinição:Futebol Universidad Católica9
Predefinição:COLPredefinição:Futebol Atlético Nacional7
Predefinição:ECUPredefinição:Futebol LDU Quito10
Predefinição:PARPredefinição:Futebol Libertad13
Predefinição:PERPredefinição:Futebol Universitario-PER7
Predefinição:URUPredefinição:Futebol Danubio8
Predefinição:VENPredefinição:Futebol Deportivo Anzoátegui7

Artilheiros

Arquivo:Spain - Chile - 10-09-2013 - Geneva - E. Vargas.jpg
Edição Futebolista(s) Clube Gols
2002Predefinição:ARGb Rodrigo AstudilloPredefinição:Futebol San Lorenzo4
Predefinição:BOLb Gonzalo GalindoPredefinição:Futebol Bolívar
Predefinição:CMRb Pierre WeboPredefinição:Futebol Nacional-URU
2003Predefinição:PERb Germán CartyPredefinição:Futebol Cienciano6
2004Predefinição:ARGb Horacio ChiorazzoPredefinição:Futebol Bolívar5
2005Predefinição:ARGb Bruno MarioniPredefinição:Futebol Pumas7
2006Predefinição:CHLb Humberto SuazoPredefinição:Futebol Colo Colo10
2007Predefinição:COLb Ricardo CicilianoPredefinição:Futebol Millonarios6
2008Predefinição:BRAb AlexPredefinição:Futebol Internacional-RS5
Predefinição:BRAb NilmarPredefinição:Futebol Internacional-RS
2009Predefinição:ARGb Claudio BielerPredefinição:Futebol LDU8
2010Predefinição:BRAb Rafael MouraPredefinição:Futebol Goiás8
2011Predefinição:CHLb Eduardo VargasPredefinição:Futebol Universidad de Chile11
2012Predefinição:URYb Carlos NúñezPredefinição:Futebol Liverpool-URU5
Predefinição:BRAb Fábio RenatoPredefinição:Futebol LDU Loja
Predefinição:PARb Jonathan FabbroPredefinição:Futebol Cerro Porteño
Predefinição:CHLb Michael RíosPredefinição:Futebol Universidad Católica
Predefinição:COLb Wason RenteríaPredefinição:Futebol Millonarios
2013Predefinição:ECUb Enner ValenciaPredefinição:Futebol Emelec5
2014Predefinição:CHLb Andrés VilchesPredefinição:Futebol Huachipato5
Predefinição:ECUb Miler BolañosPredefinição:Futebol Emelec
2015Predefinição:PARb José Ariel NúñezPredefinição:Futebol Olimpia5
Predefinição:ECUb Miller BolañosPredefinição:Futebol Emelec
Predefinição:ARGb Ramón ÁbilaPredefinição:Futebol Huracán
Predefinição:COLb Wilson MoreloPredefinição:Futebol Santa Fe
2016Predefinição:PARb Cecilio DomínguezPredefinição:Futebol Cerro Porteño6
Predefinição:COLb Miguel BorjaPredefinição:Futebol Atlético Nacional
2017Predefinição:BRAb Felipe VizeuPredefinição:Futebol Flamengo5
Predefinição:EQUb Jhon CifuentesPredefinição:Futebol Universidad Católica-EQU
Predefinição:ARGb Luis RodríguezPredefinição:Futebol Atlético Tucumán

Notas

Predefinição:Referências

Ver também


Erro de citação: existem marcas <ref>, mas nenhuma marca <references/> foi encontrada