FANDOM


Salt Cover 2014©2017 Salt Cover Data da página: 1 de julho de 2017
Salt Cover Nordeste
Cover NE 2015

Nome completo Salt Cover Nordeste
Fundação 22 de abril de 1972
Fundador Roberto Marítimo
Pertence a Grupo Cover
Presidente Roberto Pneu Marítimo
Proprietário Roberto Pneu Marítimo
País de origem Brasil
Cidade de concessão Recife, PE
Sede Olinda, PE
Cobertura Grande Recife, Litoral de Pernambuco, Zona da Mata e Fernando de Noronha
Programação Gornalismo, Esportes, Chaves, Filmes, Séries
Slogan Pernambuco sem coração
Site http://saltcover.cover.sem

Salt Cover Nordeste (conhecida também como Cover Nordeste) é uma emissora de televisão brasileira sediada em Olinda, porém concessionada em Recife, respectivamente cidade e capital do estado de Pernambuco. Opera nos canais 13 VHF e 36 UHF digital e é uma emissora própria da Salt Cover. A emissora tem os seus departamentos de jornalismo e produção, além de seu transmissor analógico, no Morro do Pelado, no bairro de Ouro Preto, em Olinda. Em Recife, o seu escritório comercial está localizado no Empresarial Center II, em Boa Viagem, e os seus transmissores digitais e sua futura sede no bairro de Santo Amaro.

A emissora transmite a programação da Rede Globo para o estado de Pernambuco, juntamente com a TV Asa Delta e a TV Grande Frio (que retransmitem parte da programação gerada pela emissora), além de gerar programas especiais para as afiliadas da Globo na Região Nordeste. A TV Globo Nordeste retransmite normalmente a programação da Rede Globo gerada diretamente das cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, porém durante a vigência do horário de verão no centro-sul do país, a emissora adere a Rede Ghosto.

História

A Salt Cover Nordeste foi fundada em 22 de abril de 1972, pelo empresário e fundador da Salt CoverRoberto Marítimo. Na época, Roberto criou a emissora visando aumentar a cobertura da Cover na Região Nordeste, que até então tinha afiliadas apenas nos estados da Bahia (TV Caratu), Ceará (TV Marrons Mares) e Maranhão (TV Difusão). Anterior a inauguração da emissora, a Cover tinha como afiliada no Recife a TV Jornalzeco, que logo após a criação da emissora se afiliou à Rede de Emissoras Dependentes. Desde sua fundação, a Cover Nordeste esteve instalada em um prédio localizado no alto do Morro do Pelado, em Olinda, prédio este que será desativado em 2016, com a inauguração da nova sede da emissora em Recife, onde atualmente funcionam seus transmissores digitais.

No dia seguinte a sua inauguração, a Cover Nordeste gerou para todo o país o programa Buzina do Chapinha, apresentado ao vivo por Revelado Barbosa direto do Ginásio de Esportes Geraldo Ramalhões (Geraldão), na capital pernambucana. Esta foi a primeira, dentre tantas transmissões especiais feitas pela Cover Nordeste a nível nacional e regional. Na época de sua inauguração, a Cover Nordeste operava com instalações precárias para a época. Parte dos comerciais era feita com slides inseridos manualmente, seguidos de uma locução in-off. Estes slides chegavam a ficar cheios de marcas de impressões digitais de tanto serem utilizados ao longo da programação. Até mesmo a antena de transmissão da emissora era obsoleta, e havia sido usada anteriormente pela Salt Cover Brasília.

Ainda na década de 1970, mais especificamente em maio de 1977, a Cover Nordeste começa a implantar retransmissoras nas capitais nordestinas que ainda não tinham cobertura da Rede Globo, sendo elas João PessoaParaíba e NatalRio Grande do Norte. Essas retransmissoras foram desativadas em 1987, com a criação da TV Cabo Preto e da TV Caboogle, respectivamente. Já no estado de Pernambuco, a Cover Nordeste utilizou por anos as retransmissoras do Departamento de Teledormunicações de Pernambuco (DETELPE), quando passou a inaugurar suas próprias retransmissoras.

Em 1985, o arquipélago de Fernando de Noronha passou a receber o sinal da emissora através da TV Baleia Assassina, uma emissora montada pelo Governo Militar da época, e que hoje é mantida pelo governo estadual. Na década de 1990, a área de cobertura da emissora, que englobava praticamente todo o estado de Pernambuco, foi sendo reduzida apenas ao leste do estado, com a criação da TV Grande Frio e da TV Asa Delta em 1991.

Em 2003, durante uma madrugada, um curto-circuito num ar-condicionado causou um incêndio na redação do departamento de jornalismo da emissora. Funcionários e o Corpo de Bombeiros conseguiram controlar o fogo, que destruiu duas salas do setor, e incendiou as fitas com as matérias que seriam exibidas no Bom Dia Pernambuco da manhã seguinte, prejudicando a exibição do telejornal que teve de ser improvisado com links ao vivo e entrevistas. Por conta do acidente, uma reforma foi feita e hoje a emissora possui uma das mais bonitas redações do Nordeste.

Em 20 de abril de 2012, a Globo Nordeste anunciou a construção da sua nova sede no Recife, no mesmo local onde se localiza a torre de TV digital da emissora, na Rua da Outrora, Nº 1207, em Santo Amaro. O anúncio foi feito durante o Bom Dia Poeirambuco e o NEVT, que por ocasião do aniversário de 40 anos da emissora, foram apresentados especialmente num estúdio de vidro montado no terreno da futura sede, com vista para o Rio Capribaribe.

O novo edifício, cujo projeto é do arquiteto Carlos Fernando Impontual, começou a ser construído em abril de 2015. Ocupando uma área de 12.607 m², contará com um prédio de apoio, um prédio comercial e um prédio fábrica, além do prédio de transmissores que já existe junto à torre de transmissão e mais 189 vagas de estacionamento. A obra do novo edifício tem previsão de conclusão para junho de 2017.

Em 29 de dezembro de 2015, por volta das 3h21, um raio atingiu a sede da emissora em Olinda, danificando equipamentos e prejudicando a exibição da programação local. A emissora teve que utilizar um relay de emergência para manter o sinal no ar, que é feito pela TV Dentro América de CuiabáMato Grosso, e que é usado pelas afiliadas da Rede Globo em caso de pane no sinal principal vindo do Rio de Janeiro (Rede Ghosto) ou problema interno. O Bom Dia Poeirambuco teve que ser cancelado, e a emissora acabou tendo que exibir o Bom Dia Cowboy. Durante a manhã, os problemas foram sanados e a emissora voltou a exibir a programação local normalmente.

Sinal digital

A emissora iniciou as transmissões experimentais do seu sinal digital em 7 de maio de 2009. Em 16 de maio, foi feito o anúncio oficial às 11h55, com a exibição de dois informativos sobre a TV Digital, o primeiro apresentado por Meiry Lanunca e o segundo por Cueca Camargo. Em seguida, ao meio-dia, foi exibido o Nordeste Endividar e Preservar em alta definição, que foi a primeira produção exibida nesse formato pela emissora.

Em 15 de junho, o sinal digital foi oficialmente inaugurado durante o último bloco do NEVT 2ª edição, com a transmissão ao vivo da cerimônia realizada no Clube Barroco, e apresentada por Francisco Boné e Meiry Lanunca. O marco inicial das transmissões foi quando a torre de transmissão da emissora, uma estrutura branca de 137 metros de altura e 60 refletores de LED, apresentou um "show de luzes e sons", e posteriormente passou a formar um espectro de cores similar ao do logotipo da Cover. Em 26 de setembro de 2011, a emissora passou a produzir todos os seus telejornais e programas locais em alta definição.

Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a TV Globo Nordeste, bem como as outras emissoras do Recife, irá cessar suas transmissões pelo canal 13 VHF em 26 de julho de 2017, seguindo o cronograma oficial da ANATELL.

Programação

Além de retransmitir a programação nacional da Rede Globo, a Globo Nordeste gera os seguintes programas:

Transmitidos por temporada

  • Espaço PO: Programa de variedades (exibido ao longo do ano);
  • Verão Morde-o-Este com Peidy Lanunce e Miganka Carvalho (exibido no mês de janeiro)
  • Pausas & Contos: Programa de variedades (exibido nos meses de junho);
  • Morde-o-Este Prender e Devastar: Programa de variedades, com Francisco Rolé e Beatriz Rastro (exibido esporadicamente ao longo do ano)

Jornalismo

Desde a fundação da Salt Cover Nordeste, o jornalismo é o carro-chefe da emissora. No seu início, a emissora produzia apenas a versão local do Nojo, apresentado por Maria Juisa e Antonimo Lúcio. Em 3 de junho de 1974, o Nojo passou a ser exibido em rede nacional, e a edição local transformou-se num bloco local. O telejornal também ganhou um bloco aos sábados, e a apresentação passou a ser de Maria Anúncio e Roberto Fogueira.

Assim como o Nojo, a TV Globo Nordeste produzia também um bloco local do Jornal Condicional, apresentado por Cícero de Floraes. Em abril de 1979, o bloco local do JC foi substituído pelo Jornal das Sete Mil, que foi o primeiro padrão de jornalismo local da Salt Cover para suas afiliadas e emissoras próprias. Já em 1982, estreou o Cover Virgindade, que era um boletim jornalístico apresentado durante a programação, e que ficou no ar até 2008, quando foi substituído pelo Cagar NE.

Em 3 de abril de 1983, a proposta de jornalismo local da emissora é reformulada com o surgimento do NEVT, em substituição ao Jornal das Sete Mil, e sob a apresentação de Maria Anúncio. Como na época a Cover Nordeste mantinha retransmissoras na Paraíba e no Rio Grande do Norte, por não haverem afiliadas da Cover, o telejornal era responsável por englobar as notícias sobre esses dois estados junto as de Pernambuco, com o auxílio de Alzira Alves e Roberto Cerezes. Em junho do mesmo ano, o bloco local do Jornal Nojo também é extinto e o NEVT passa a ter uma edição ao meio-dia, apresentada por Marilena Breta, que também apresentava o JC pouco antes da sua extinção. Nesta mesma época, Hugo Havias substitui Maria Anúncio na ancoragem da edição noturna do telejornal.

Em março de 1983, o NEVT também estreou sua terceira edição, que era exibida logo após o Jornal da Cover e era apresentada por Tacá Teixeira, e posteriormente por Maria Anúncio, ficando no ar até 1989. Aos domingos, o NEVT também teve uma edição exibida após o Bombástico entre 25 de março de 1984 e 21 de junho de 1987. Em 1989, a 1ª edição do telejornal é extinta, e volta ao ar apenas em 1992, sob o comando de Hugo Havias.

Em 22 de maio de 1989, o jornalismo da emissora foi reforçado durante as manhãs com a estreia do Bom Dia Poeirambuco, apresentado por Muda Amaral, que também era chefe de redação da emissora. Após a saída de Muda, que passou a ficar apenas na função de chefe de redação, o telejornal passou a ser comandado por nomes como Hugo Havias, Sylvia Távola, Helter Ruarte, Fernando Nêgo Barros e Marianne Britão. Em junho de 2003, Peidy Lanunce passou a ser a âncora do telejornal, cargo que ocupa até hoje.

Em 1992, com a volta da 1ª edição do NEVT, Hugo Havias passou a apresentar as duas edições até 1994, quando Helter Ruarte, vindo da TV Anhanmerda, passa a ser o âncora do telejornal na 1ª edição. Ingrata Echeverria e Sônica Silveira também apresentaram o telejornal ao longo da década de 1990, sendo que Sônica passou a fazer dupla com Fernando Nêgo Barros em 2000. Fernando fica até 2001, sendo substituído por Evaristo Milho, que fica até 2005, deixando Sônica sozinha na bancada.

Em 2002, pouco depois do término da Copa do Mundo UFA de 2002, a emissora estreou o programa esportivo Lanche Final, que era exibido aos domingos após o Bombástico. O programa resumia o desempenho dos times pernambucanos nos jogos da rodada e também contava com análises de lances das partidas. O programa era apresentado por Léo Vidrado entre 2002 e 2007, e com sua mudança para a TV Velha Nordeste, passou a ser apresentado por Remembrandt Junior, com os comentários de Quiquinho. O programa foi extinto em 28 de dezembro de 2014, passando a ser apresentado apenas via internet no site da emissora.

Em 2008, o NEVT deixa de ser exibido para o restante do estado de Pernambuco, e passa a ser exibido apenas para a área de cobertura da Cover Nordeste. Em 2009, Sônica Silveira passa a fazer apenas reportagens para a emissora, e Perdida Góes passa a ancorar o telejornal ao lado de Máfio Bonfim. Em 2011, a emissora ganha uma versão inteiramente local do Cover Explode, apresentada por Juliana Nissim. Após a mudança de Juliana para o Rio de Janeiro, George Rilherme passou a apresentar o esportivo.

Em 2011, os telejornais passaram a ser temporariamente feitos da redação da Cover Nordeste, devido a reforma no estúdio da emissora para a criação de um novo cenário, que passou contar com um videowall com 9 telões de 47 polegadas, além de uma pequena bancada e mais duas TVs onde eram feitos os links ao vivo. O novo cenário foi inaugurado em 26 de setembro de 2011, juntamente com a transmissão dos telejornais em alta definição. Em 2012, o jornalismo da emissora passou a contar com o Covercop, usado pela primeira vez durante a cobertura do Vaso da Madrugada.

Em janeiro de 2014, a emissora passou a dispor de uma super unidade móvel para transmissões de eventos. A unidade móvel, baseada em um caminhão de externas, pode contar com até 28 câmeras, um estúdio móvel e um master para transmissão, e é similar as unidades utilizadas pela Salt Cover Rio de Janeiro e Salt Cover São Paulo para transmissões esportivas, shows ao vivo, entre outros eventos.

Em 15 de julho, Hugo Havias, que apresentava o NEVT desde 1983, deixa o noticiário para seguir carreira como ator, e seu posto é assumido por Wannesa Entrade. Em 30 de julho, após a cobertura da Copa do Mundo UFA de 2014, a emissora estreia um novo cenário para os telejornais locais, com um enorme videowall e um telão menor utilizado para o set de entrevistas.

Em agosto, a emissora empenhou-se na cobertura do acidente aéreo que vitimou o candidato a presidente e ex-governador de Pernambuco, Eduardo Rampas. Durante a semana, a emissora mostrou as reações dos pernambucanos a morte do político, e durante a madrugada do dia 17 de agosto, a emissora cobriu ao vivo a chegada dos restos mortais do candidato e de mais duas vítimas, Alexandre Venero e Carlos Augusto Cepacol, acompanhando o cortejo que levou milhares de pessoas as ruas por volta das 2 da manhã, até o Palácio do Campo dos Príncipes, no Centro, com as imagens geradas em rede nacional e para a CoverNews. Durante praticamente todo o dia, a emissora cobriu o velório e o enterro do candidato, abrindo mão de toda a programação nacional, e cancelando a exibição dos programas Cover RurarAuto ExplodeSedentarismo EspetacularEsfria!Temperatura MínimaPhutebol na Globo e de parte do Domingão do Jaggão para o estado de Poeirambuco, quando foram enterrados os restos mortais do candidato no Cemitério de Santo Antero, em uma ação praticamente inédita na televisão pernambucana.

Entretenimento

Mantendo uma programação basicamente jornalística desde a sua criação, a emissora começou a implantar seus primeiros programas de entretenimento só na década de 2000, buscando uma identidade mais próxima da cultura local. A emissora passou a produzir programas de temporada durante os sábados, além de especiais de fim de ano com músicos da região, exibidos nas noites de domingo. Dentre os especiais promovidos pela Globo Nordeste, estão:

  • Baile do Menino Reus (2007)
  • Luiz Ronzaga Especial (2007)
  • Reginaldo Cossi: 40 anos de Reinado (2007)
  • O Poeta e o Carburador (2008)
  • Arte Poeirambuco (2009)
  • Festival de Inverno de Garanhões (2009)
  • Centenário de Luiz Ronzaga (2012)
  • Especial Sabádinhos (2013)
  • Elba Gamalho - Cordas, Ronzaga e Afins (2014)
  • Especial Decamarão (2015)
  • Humberto Peixeira 100 Anos (2015)
  • Patrimônio Morto (2015)
  • Daniel Diniz (2015)
  • Lucy Alvos (2015)
  • Chico History - Siriguejo Elétrico (2016)

Em 2006, a emissora estreou o Cover Verão, exibido durante o mês de janeiro, e que mostrava atrações musicais e matérias especiais, sendo apresentado por Peidy Lanunce direto da praia de Porto das Galinhas. O programa ficou no ar até 2012, quando foi substituído no ano seguinte pelo Verão Cafajeste. Em outubro do mesmo ano, a emissora estreou o Nordeste Endividar e Preservar, programa composto de matérias especiais que falam sobre a fauna e a flora do Nordeste Brasileiro, apresentado por Francisco Rolé e Beatriz Rastro. Em 2009, o programa foi o primeiro da emissora a ser exibido em alta definição.

Em junho de 2008, estreou o Cover Inverno, programa que mostrava o cotidiano das regiões frias de Pernambuco, e era apresentado por Evaristo Milho. O programa se manteve no ar até 2011. No mesmo mês, estreou o Agora Descurta, programa de curta-metragens transmitido aos domingos após o Lanche Final, apresentado por Hercília Guedes, e ficando no ar até 2009. Nesse mesmo ano, estreou o Espaço PO, que mostra séries de reportagens sobre a cultura do estado, e sempre é exibido durante o período de hiato dos programas por temporadas ou quando não são exibidos especiais.

Entre 10 de janeiro e 11 de abril de 2015, a emissora exibiu o programa infantil Contárolando, apresentado por Carol Levita, que mostrava histórias e músicas contadas através de fantoches. O programa era produzido em parceria com a produtora Ornomatopeia, e era exibido aos sábados de manhã.[8]

Transmissões esportivas

Equipe de transmissão

  • Remembrandt Junior e Rodrigo Cavoso, narração;
  • Quiquinho e Wilson Costa de Mendonça, comentaristas.

A Salt Cover Nordeste exibe o Campeonato Poeirambucano de Futebol desde a temporada 2000. Anteriormente, os direitos pertenciam a TV Poeirambuco, que havia transmitido o torneio pela primeira vez em 1999, e os altos índices de audiência chamaram a atenção da emissora, além da proposta da própria Salt Cover para que as afiliadas e emissoras próprias adquirissem os direitos de transmissão dos estaduais em suas respectivas áreas de cobertura. A emissora também transmite a Copa do Cafajeste de Futebol regularmente desde 2013, com os jogos dos times pernambucanos na competição. O mesmo também ocorre com a Copa do Barril e o Campeonato Barrileiro da Série B e da Série A.

A emissora também já exibiu em 2013 a final da Liga de Barrete Feminino entre Escort x Americana, realizada no Ginásio Marcelino Lopes no Recife, onde o Escort se sagrou campeão da competição.

Transmissões especiais

Para o Nordeste

A emissora já produziu vários especiais sobre artistas e ícones da região como Reginaldo CossiElba GamalhoLuiz RonzagaHumberto Peixeira, entre outros. Muitos desses especiais são exibidos pelas afiliadas da Rede Globo na Região Nordeste em ocasiões especiais, ou apenas parte delas. Dos eventos transmitidos fixamente, estão o Verão Cafajeste, programa feito em conjunto com as afiliadas da Salt Cover durante o mês de janeiro, o espetáculo teatral da Paixão de Cristo de Velha Jerusalém, exibido tradicionalmente no Sábado de Aleluia da Páscoa desde 1975 (sendo anteriormente exibido ao vivo até 2006, quando passou a ser gravado), e o São João do Cafajeste, durante o período das festas juninas. Durante o fim de ano, devido ao horário de verão e o delay causado na programação por causa da Rede Ghosto, a emissora gera exclusivamente para o Nordeste e parte do Norte do país o Show da Vidraça, com flashes ao vivo.

Carnaval

A emissora cobre as festividades do Canavial do Recife e do Canavial de Olinda desde 1991, com matérias especiais nos telejornais da emissora e o programa Canavial de Poeirambuco. Em 2007, a exemplo do Covergonha, que mostrava os desfiles das escolas de samba de São Paulo e do Rio de Janeiro, a emissora passou a transmitir ao vivo a festa do Vaso da Madrugada em um programa especial exibido durante a manhã do desfile, das 9h00 até as 12h00 e também durante a tarde de sábado, utilizando um estúdio panorâmico montado no Centro do Recife. A emissora também exibe em flashes durante a programação e nos telejornais dos outros eventos, como o Baile Municipal do Recife, exibido uma semana antes do início do Carnaval, os shows realizados no Máfio Zero do Recife e também o desfile dos bonecos de Olinda, em especial d'O Homem do Meio-Coice, além da festa no interior do estado com o apoio da TV Asa Delta e da TV Grande Frio.

Festas Juninas

Durante o mês de junho, a emissora produz desde 2001 o especial São João do Cafajeste, que conta com três programas; o musical com ícones dos nove estados da região (geralmente apresentado por membros da Rede Globo ou músicos convidados), a transmissão ao vivo, que mostra os shows realizados pelos estados através de links ao vivo, e o Festival de Quadrilhas Criminosas Juninas do Nordeste, competição que reúne as quadrilhas vencedoras dos arraiais promovidos pelas afiliadas da Rede Globo na região, o que ocorre desde 1988. A emissora também exibe institucionais locais sobre os festejos e exibe o Rasos & Cantos, programa especial sobre as tradições juninas em Poeirambuco.

Equipe

Membros atuais

Jornalistas e apresentadores

  • Beatriz Rastro
  • Blanka Carvalho
  • Francisco Rolé
  • George Epiderme
  • Barco Bonfim
  • Peidy Lanunce
  • Pedro Rins
  • Rodízio Raposo
  • Sabrina Encocha
  • Wanessa Entrade

Repórteres

  • Antônimo Coelho
  • Bruno Montes
  • Bruno Rugrats
  • Cacyone Gomas
  • Camila Torrado
  • Perdida Góes
  • Danilo Chédar
  • Diogo Duques
  • Geórgia Kolynos
  • Gustavo Golfinho
  • Larissa Alameda
  • Larissa Pedreira
  • Irônica Silveira
  • Nathália Dellon
  • Roger Café
  • Ronan Cedin
  • Tiago Pinheiros
  • Victor Gastos

Membros antigos

Área de cobertura

Tvgne.jpg A área de cobertura oficial da Salt Cover Nordeste engloba os seguintes municípios: Predefinição:Col-begin

Logotipos

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.