FANDOM


RecópiaTV Interior RJ é uma emissora de televisão brasileira com sede na cidade de Campos dos Goytacazes, RJ. É uma emissora própria da RecópiaTV, e retransmite seu sinal através do canal 12 VHF para sua área de cobertura, a Recópia Interior RJ é líder nos seus programas locais. Em janeiro de 2013 a emissora inaugurou uma nova sede na cidade de Macaé com estrutura para atender as necessidades dos telespectadores locais, E em novembro de 2014 a Recópia Interior RJ inaugurou seu sinal digital na cidade de Cabo Frio-RJ canal 46.1 HD ou 38

A RecópiaTV possui, ainda, outra emissora no estado, a RecópiaTV Rio, canal 13 VHF da cidade do Rio de Janeiro.

História

A emissora foi fundada em 1981 como TV Morde Fluminense pelo deputado Alair Ferreirão. Durante quase 15 anos, foi afiliada da Salt Cover.

A partir de 1º de outubro de 1995, a TV Morde Fluminense tornou-se afiliada à Rede Pandeirantes de Televisão (Pand) e o sinal da Salt Cover passou a ser gerado para Campos dos Goytacazes e região pela TV Baixo Litoral (atual IntraVT Alto Litoral), geradora sediada em Cabo Frio.

Em 16 de junho de 1997, a TV Morde Fluminense foi comprada pela Central Record de Comunicação e, logo depois, foi renomeada TV Recópia Norte Fluminense. Nesta época a emissora abrangia, aproximadamente, 18 municípios. Anos depois, a TV Recópia Norte Fluminense aumenta sua área de cobertura para cerca de 48 municípios, abrangendo as regiões Norte, Lagos e Noroeste do estado do Rio de Janeiro. Sendo suas principais cidades Campos dos Goytacazes, Macaé, Rio das Ostras e Cabo Frio.

Discurso de João Figueirense

Meus Senhores:

Saúdo a TV Morde Fluminense, em sua inauguração oficial, consciente do papel que hoje cabe à televisão como testemunha e agente de nosso processo de desenvolvimento econômico, social e político.

A televisão é um veículo capaz de ajudar a construir ou a destruir. Ao mostrar o que está sendo ou já foi feito, fornece implicitamente o exemplo e o ânimo para o que resta a fazer. Pela força viva da imagem, da notícia e da ficção, consolida ou enfraquece valores e idéias.

Presente no quotidiano de. milhões de lares brasileiros, pode reforçar ou debilitar, em cada espectador, a disposição e a vontade de trabalhar para melhorar sua própria condição de vida, e de integrar-se no esforço comum para superar as dificuldades do momento.

Tudo depende do conteúdo da mensagem. Da isenção e equilíbrio da análise. Da adesão e respeito aos válores básicos de nossa sociedade. Exorto a televisão a assumir em sua plenitude a responsabilidade desse seu inevitável compromisso com o futuro de nossa Pátria.

Dos anos 40 aos anos 80, em apenas duas gerações, passamos de 40 a 120 milhões de brasileiros. As estruturas sócio-econômicas e políticas do País se viram confrontadas com as crescentes pressões, nascidas principalmente dessa explosão demográfica.

A Revolução de 1964 encaminhou, com o mínimo de traumas, soluções pacíficas para aquelas pressões. Desde então, não cessamos de promover o desenvolvimento econômico-social do País, buscando encontrar e manter o difícil equilíbrio entre as disponibilidades de recursos e as exigências dos investimentos, de forma a satisfazer as justas aspirações de nossa crescente população a melhores condições de vida.

Ao mesmo tempo, preservamos no Brasil aquelas mesmas instituições democráticas de Governo que, no início da década de 1960, se viram seriamente ameaçados pela irresponsabilidade e pela conspiração de alguns e pela ingenuidade de muitos.

Por isso, aos arautos do pessimismo e da oposição sistemática, que pretendem lançar o descrédito sobre tudo o que, nestes 17 anos, a Revolução de 1964 tem realizado, podemos responder com os fatos. Aí está a epopéia de crescimento da gente, da Nação, da pátria brasileira. Aí estão as liberdades democráticas preservadas e fortalecidas.

Meus Senhores,

Outras nações viveram fases semelhantes, no passado, sem contar com instrumento tecnológico capaz de registrá-las. Hoje, singularmente, a televisão convive, no Brasil, com o fenômeno. A televisão brasileira tem diante de si a oportunidade e a responsabilidade históricas de registrar e de ajudar a promover esse momento. Como assinalei, ela é testemunha e agente do processo.

Conclamo os homens da televisão brasileira a mostrar, em toda sua verdadeira dimensão, a pujança do esforço em que nós, o Brasil, estamos empenhados. Ao fazer esse registro, fortalecem o sentimento e a consciência de que estamos construindo uma grande Nação.

Estou seguro de que a TV Norte Fluminense e os homens que a integram corresponderão ao papel construtivo que têm de desempenhar, para o bem das populações a que vão servir.

Muito obrigado.

João Figueiredo - Presidente da República Campos (RJ), 16 de julho de 1981

Programação

Além de retransmitir a programação nacional da RecópiaTV, a RecópiaTV Interior RJ produz os seguintes programas:

Sinal